Muitas pessoas e até mesmo a mídia têm atribuído um valor negativo ao ano de 2016, por conta das notícias ruins que impactaram pessoas no Brasil e no mundo. Infelizmente há um ditado popular que diz que “noticia ruim corre depressa”. Entretanto, o Evangelho de Jesus significa Boas Notícias, logo eu e você precisamos valorizar isso a ponto de transformarmos a prioridade e o conteúdo de nossa comunicação. Afinal de contas, nós como seremos humanos temos uma tendência decadente de priorizar as tragédias pessoais e alheias nas nossas conversas. Até mesmo os canais de comunicação dizem que notícia boa “não vende”.

Há 2 mil anos atrás, o mundo já estava farto de más notícias, opressão, distorções e religiosidade vazia. Deus trouxe a Boa Notícia em pessoa, seu Filho Jesus Cristo. Ele por sua vez treinou seguidores e os enviou por todas as nações para comunicar estas Boas Notícias que vêm do Reino de Deus para influenciar a nossa conduta na terra. Portanto, quando gastamos mais tempo comunicando más notícias ou até mesmo sendo e gerando más notícias, automaticamente já declaramos sob a influência de qual reino estamos vivendo. Se queremos ter a influência do Reino do Céu na nossa comunicação precisamos nos arrepender da comunicação destrutiva, intensificar nosso relacionamento com Deus, ajustar nosso relacionamento com pessoas, redefinir nossa comunicação e continuar gerando novos relacionamentos.

Deus nos disponibiliza pelo menos 3 dimensões de uma comunicação frutífera das Boas Notícias: 1. Falarmos para Deus sobre pessoas, através da intercessão; 2. Falarmos para as pessoas sobre Deus, o que chamamos de evangelismo, ou também um testemunho; 3. Deus falar para nós sobre pessoas, por meio do que a Bíblia chama de Palavra de Conhecimento. Daniel e Neemias pediram a Deus sobre seu povo, Paulo e Silas apresentaram Jesus a gregos e outros povos, Pedro e Cornélio receberam uma palavra de conhecimento de Deus levando salvação a muitos.

Enfim, estas reais experiências estão disponíveis hoje para nós. Para vivermos algumas delas precisamos pedir a Deus em oração e as colocar em prática, ou até mesmo corrigir as interferências, mudando de atitudes, companhias e elevando nossa vida a partir do que sai de nossa boca. Só conseguiremos encarar as más notícias do mundo se estivermos empoderados com as boas notícias da fé. Seja livre da escassez. Leia as situações ao seu redor na abundância e prepare-se para o melhor ano de sua vida. Mesmo diante das tempestades do mundo, como dizem os antigos: Com Cristo no barco tudo vai muito bem! Vamos embarcar com Jesus neste novo ano?

Pr. Filipe Santos

Sem comentários

Deixe uma resposta