Esperança: Sentimento de quem vê como possível a realização daquilo que deseja; confiança em coisa boa; fé; “uma vida melhor”. Ter esperança é acreditar que alguma coisa muito desejada vai acontecer. A esperança pode ser fundamentada (realística) ou baseada em alguma utopia, algo que dificilmente será alcançado.

De acordo com a Bíblia, a esperança é uma das três virtudes teologais, conforme é possível comprovar em 1 Coríntios 13.13: “Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.” Também é possível verificar que a esperança está relacionada com a fé, de acordo com Hebreus 11.1: “Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.” Para um cristão, ter esperança é saber que apesar das dificuldades que se enfrenta nesta vida, o melhor ainda está por vir.

Certo dia, um amigo de longa data me perguntou por que eu gostava tanto de igreja. Respondi-lhe contando um pouco da minha experiência pessoal com Jesus, do meu relacionamento com Deus e tudo que Ele tinha mudado em minha vida. No meio da minha resposta ele me interrompeu, dizendo: “Creio que você não entendeu; eu não perguntei por que você gosta de Deus. A minha questão é porque você gosta de igreja? Porque você dedica uma boa parte do seu tempo livre para ela?”. Minha resposta: “Meu amigo, a igreja é a esperança do mundo”.

E por que isso? Em primeiro lugar, a igreja ama como Jesus amou. Deus não deseja apenas declarações de amor através de orações, músicas, poesias e belos escritos, Ele quer ver também manifestações concretas que envolvem identificação, compaixão e ação.

Em segundo lugar, porque age no sobrenatural. O termo sobrenatural (registrado pela primeira vez entre 1520-1530) em geral designa o contrário do que é considerado natural; o que não admite – ou é suposto não admitir – explicação científica. Designa aquilo que, em princípio, é ou ocorre fora da ordem natural, à parte das leis naturais que regem os fenômenos ordinários; aquilo que é superior à natureza. Na filosofia, na cultura popular e na ficção, o termo é associado com paranormalidade, religiões e ocultismo. A igreja é a esperança do mundo porque age onde a as ciências, homem e natureza não podem agir.

E por último, pois anuncia boas notícias. Em termos simples, as boas novas incluem todas as verdades que Jesus falou e seus discípulos escreveram, distribuídas pela igreja em tempos difíceis. Seja igreja hoje!

Pr. Gustavo Viola

Sem comentários